Desafio + Brasil

Você sabe como que recursos e boa ideias se transformam em um BRASIL MAIS Íntegro, Inovador, Simples, Efetivo, Integrado e Transparente?

Boa parte disso pode ser alcançado se encontramos soluções para que as transferências de recursos sejam otimizadas.

Você sabe o que são transferências de recursos? É um termo usado no meio público que se refere a um conjunto de leis, sistemas, instituições e atores que fazem com que o dinheiro público se transforme em benefícios concretos para sociedade. É a forma como a sociedade recebe obras, serviços e todo tipo de melhoria.

A transferência de recursos possui etapas que podem ser explicadas de forma simples da seguinte forma:

1. Planejamento

Tudo começa com um planejamento! A lei direciona como deve ser feito esse planejamento, quais são as regras: projetos, documentos necessários, instituições envolvidas.

2. Execução

Chega a hora de fazer acontecer! Nesse momento os repasses são aprovados pelas instituições de execução (Ministérios) e realizados por meio de uma instituição financeira (caixa Econômica Federal). Controle e verificação são elementos permanentes dessa etapa.

3. Prestação de contas

Esse é o momento em que as instituições e atores que utilizaram o dinheiro público e concretizaram melhorias para sociedade precisam formalizar o que foi realizado detalhadamente.

É um fato que essas três etapas possuem muitos obstáculos, dificuldades que precisam de ajustes e novas ideias de otimização. Precisamos que todos os brasileiros (envolvidos nas transferências públicas ou não) possam acompanhar como o dinheiro público é utilizado e de forma mais eficiente do planejamento, passando pela a execução e até a entrega na forma de melhorias para a sociedade. Queremos transparência e resolutividade de ponta a ponta.

Aqui está o nosso desafio!

O que é o Desafio + Brasil?

Vamos juntar nossos conhecimentos e nosso orgulho de ser brasileiro! Amantes de suas vocações: tecnologia, gestores municipais, administradores, técnicos das mais diversas transferências, designers, executivos, parlamentares… cidadãos comuns, mas com vontade de INOVAÇÃO.

Unidos por um objetivo: compartilhar os obstáculos que trazem problemas na transferência de recursos no Brasil para que, juntos, possamos transformar o entendimento dos obstáculos e as ideias de cada um em soluções.

Quem pode participar do desafio?

Os participantes do Desafio + Brasil podem pertencer a um dos três perfis:

1. Mentores – brasileiros envolvidos na organização oficial do evento. Entendem de transferências públicas e atuarão como facilitadores no nosso desafio, repassando conhecimento e orientando maratonistas e anjos.

2. Anjos – brasileiros que são atores nas transferências de recursos e estão prontos para INOVAÇÃO. Vontade de fazer diferente é o sobrenome desses membros da esfera pública. São eles: profissionais de Tecnologia da Informação, da área jurídica, do controle (TCU e CGU), prefeitos, parlamentares, secretários municipais, convênios (MROSC e PAC), da CNM, do Ministério da Economia (DETRV), do SERPRO, STN, entre outros membros que participam de alguma forma da transferência de recursos.

3. Maratonistas – brasileiros que estão com vontade de fazer parte de transformações concretas no nosso país sem precisar ser um especialista no assunto transferências de recursos. Profissionais e estudantes de TI, de Designe e de Administração que queriam aprender mais sobre assunto e compartilhar os seus conhecimentos sobre suas áreas, criando soluções.

Como será o desafio?

O evento acontecerá das 8:30 do dia 21 de fevereiro às 17:00 do dia 22 de fevereiro. Isso mesmo! Teremos 34 horas e 30 minutos ininterruptas de evento, incluindo 19h de maratona. Uau!

Nossos anjos têm por missão no evento passar suas realidade enquanto atores das transferências públicas no Brasil. Nossos maratonistas agarram a missão de se superar com ideias inovadoras e coerentes com essas realidades. Contudo! Nada impede que os anjos vistam a camisa dessa maratona e se juntem ao time de maratonistas.

Mentores

08022019 Mulheres Desafio Brasil

– Debora Arôxa, com 18 anos de experiência na área de gestão de equipes, é diretora do Departamento de Transferências Voluntárias do Ministério do Planejamento. É mestranda em Administração do Desenvolvimento de Negócios e professora de Governança no curso de pós-graduação em Gestão de Processos de Negócio;

– Kamila Brito, empreendedora do Barco Hacker, projeto que promove o intercâmbio cultural e técnico com a população ribeirinha da região de Belém (PA);

– Alline Jajah, palestrante internacional e especialista em Estratégias de Marketing com foco digital, que fez duas imersões no Vale do Silício e estudou Internacionalização de Empresas via ferramentas de busca em Boston;
Jorge Maia, cientista da computação, especializado em Internet das Coisas, consultor de negócios digitais com mais de 20 anos de experiência no mercado de tecnologia e palestrante;

– Cristiane Pereira, coordenadora do Alpha Parque Tecnológico e idealizadora do Espaço Multiplicidade Escritório Colaborativo;

 image 2

– Marli Burato, com 14 anos de experiência e atuação na área de transferências de recursos da União aos Municípios, é sócia fundadora e diretora da Empresa Êxitos Eficiência em Informação e Tecnologia. É Mestre em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina.

 Desafio Brasil participantes

– Gino Terentim Junior, Consultor de Organização e Estratégia da Caixa Econômica Federal, doutorando pela Université de Bordeaux, com MBE em Economia Brasileira e MBA em Gerenciamento de Projetos pela USP;

– Wesley Almeida, que trabalha com tecnologia desde o início dos anos 1990; implantou um dos primeiros provedores de internet de Brasília e tem longa experiência com projetos de inovação tecnológica para grandes empresas corporativas;

08022019 Mentor alexandre foto 600 px desafio brasil

– Alexandre Nasiasene, idealizador do Espaço Multiplicidade Escritório Colaborativo, formado em Administração de Empresas com MBA em Gestão de Projetos Foco PMI, vinte e quatro anos de experiência profissional na área de planejamento e controle de projetos.

Confira a programação e a dinâmica do evento!

Data: 21 e 22 de fevereiro de 2019.

Local: Confederação Nacional dos Municípios, St. de Grandes Áreas Norte Quadra 601 Módulo N – Brasília, DF, 70830-010 – Brasília-DF.

 

21/02/2019 (quinta-feira)

 

 Horário Programação
8h30 Credenciamento
9h   Abertura (Composição de mesa pelas seguintes autoridades:

Presidente da CNM,
Casa Civil,
Ministro da Justiça e Segurança Pública,
Ministro da Controladoria Geral da União,
Ministro-Substituto da Tribunal de Contas da União;
Ministro do Tribunal de Contas da União,
SEGOV,
Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital,
Secretário de Gestão,
Diretora do Departamento de Transferências Voluntárias,
Diretor do Departamento de Investimentos FNS.

10h Coffee break
10h15 Mesa de anjos e especialistas

Mesa redonda simultânea para debater os gargalos nas transferências, nos diversos olhares, com condução de mediador;

A mesa deverá contar com os seguintes perfis:

Tecnologia da Informação;
Área jurídica;
Controle: TCU e CGU;
Prefeito e/ou Secretário municipal;
Representante de – fundo a fundo, convênio, PAC;
CNM;
Ministério da Economia (DETRV);
SERPRO;
CNMP

12h Intervalo almoço
14h World Café*: Simplificar os procedimentos desde a transferência do recurso até a entrega do bem público
14h30 Perspectiva: Obras Perspectiva: Serviços Perspectiva: Equipamento Perspectiva: Cases TI
Principais desafios para a
execução de uma obra: abordar Atos preparatórios, execução e Prestação de Contas.
Principais desafios para a
execução de um Serviço: abordar Atos preparatórios, execução e Prestação de Contas.
Principais desafios para a
execução de um Equipamento:
abordar Atos preparatórios, execução e Prestação de Contas.
Apresentação de cases: SICONV; App Siconv Cidadão, Plataforma
Mais Brasil.
16h30 Cofee break
 17h   Produção de ideias: Participantes terão 30 minutos para pensar em ideias para possíveis soluções dos gargalos levantados na primeira etapa.
 17h30   Apresentação dos pitchs*: participantes apresentam ideias.
 18h15   Votação: é realizada a votação das principais ideias para que, posteriormente, seja possível a formação dos grupos de trabalho.
 18h45   Formação dos grupos: participantes escolhem de qual grupo farão parte.
 19h15  

Start da maratona

 

 19h30 (21/02) às 14h30 (22/02)   19h de maratona para desenvolvimento das soluções.
 Madrugada Pizza time
 Desafio + Brasil  

22/02/2019 (sexta-feira)

 

 9h Café da manhã
10h   Tira dúvidas, presencial, com especialistas CNM e gestores municipais.
Tira dúvidas, online, com especialistas anjos – técnicos do primeiro dia.
13h às 14h30 Almoço
 14h30   Intervalo de preparação para apresentações
 14h45   Apresentação dos pitchs* e julgamento pela banca avaliadora.
16h Cofee break
16h15   Avaliação por banca das soluções apresentadas e preparo para divulgação dos resultados.
 16h30   Premiação e fechamento.

*World Café– processo flexível para geração de diálogos colaborativos entre indivíduos.

*Pitch – apresentação sumária de 3 a 5 minutos de ideias.

*Banca avaliadora composta por jurados de referência na área.

Lembretes

Os participantes devem trazer seus computadores, assim como um cadeado, pois a CNM irá fornecer escaninhos para guarda de pertences dos participantes.

Acesse o conteúdo completo em www.cnm.org.br

 

Categoria Eventos
Compartilhar :